Playlist de New Orleans – 10 músicas para curtir na cidade

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Paulo Basso Jr.

Montar uma playlist de New Orleans é uma delícia, ainda mais se você planeja uma viagem à cidade. O destino concentra algumas das melhores casas para ouvir jazz e curtir a noite nos EUA, além de uma série de atrações irresistíveis e ótima gastronomia, com bares e restaurantes espetaculares.

Assine nossa newsletter com dicas semanas de turismo e ganhe um e-book exclusivo com dicas de viagem.

Ao perambular por ruas como a icônica Bourbon Street, prepare-se para ouvir músicas de nomes como John Boutté, Professor Longhair, Kermit Ruffins e a celebridade mais famosa de New Orleans, Louis Armstrong.

Playlist de New Orleans

São tantas músicas famosas que remetem à região que é difícil fazer uma playlist de New Orleans com apenas 10 opções. Mas vou deixar aqui as canções que mais me embalaram quando estive por lá.

  • Si Tu Vois Ma Mère – Sidney Bechet
  • Go To The Mardi Gras – Professor Longhair
  • Short Dressed Gal – Preservation Hall Jazz Band
  • Fancy – Irma Thomas
  • Ain´t That a Shame – Fats Domino
  • Drop Me Off In New Orleans – Kermit Ruffins
  • Treme Song –John Boutté
  • Kid Ory –Bucket’s Got a Hole in
  • Cissy Strut – The Meters
  • What a Wonderful World – Louis Armstrong

Jazz em New Orleans

Paulo Basso Jr.
Não faltam clubes de jazz em New Orleans

Para o bem e para o mal, New Orleans é a cidade que menos se parece com os Estados Unidos. Colonizada por franceses, entregue aos espanhóis e devolvida novamente aos franceses antes de ser finalmente comprada pelos Estados Unidos, já em 1803, criou uma atmosfera própria, baseada nos costumes dos escravos negros que lá viviam e nos creoles, seus descendentes com os europeus colonizadores.

Foi assim que surgiu a arquitetura singular da região, vista nos famosos sobrados avarandados do French Quarter, o centro histórico local; bem como os bondes charmosos pelas ruas; a comida repleta de especiarias; uma atmosfera um tanto quanto assombrada, potencializado pelas histórias do voodoo; e, acima de tudo, o estilo musical que não demorou para conquistar o mundo: o jazz.

Seguro viagem EUA – Pesquise as melhores opções do mercado e ganhe 5% de desconto ao usar o cupom ROTADEFERIAS5 no site Seguros Promo.

Apesar da origem incerta, o ritmo tem como base o blues. Tal como o samba brasileiro, no entanto, criou uma estética própria e se desenvolveu ao misturar improviso com uma certa dose de malandragem. Aos poucos, caiu no gosto da elite sulista americana e perpetuou com o acréscimo de novos instrumentos e o estimo dos músicos pelos trajes elegantes.

Não faltam nomes que, com maestria, levaram o jazz de New Orleans para o resto do planeta, como Jelly Roll Morton, Sidney Bechet e, acima de todos, o filho mais ilustre da cidade, Louis Armstrong. Hoje, canções dessas e de outras lendas podem ser ouvidas por lá a qualquer hora do dia. De verdade.

Bourbon St

Pouco importa a hora: há sempre o que fazer em New Orleans. Com exceção de Nova York, a maior cidade da Louisiana é, provavelmente, o único lugar dos Estados Unidos em que você encontra multidões caminhando pelas ruas na alta madrugada.

Principalmente na Bourbon Street, o coração pulsante do French Quarter. O local, porém, é um reduto de bêbados alucinados com a possibilidade de ingerir álcool legalmente fora dos bares (o que é raro no país), e só fica divertido para valer nos clubes exclusivos ou durante o Mardi Gras, o famoso carnaval local, quando as ruas se enchem de cores e bandas.

Compare aqui os preços de todas as empresas que voam para os EUA e garanta as passagens mais baratas.

Frenchmen Street

Paulo Basso Jr.
Kermit Ruffins no Blue Nile

Uma sugestão melhor em outras épocas do ano para ouvir uma boa playlist de New Orleans é deixar o bairro para trás durante a noite e seguir rumo a Frenchmen Street. Preferida dos nativos, a rua conta com diversos clubes de ótimo nível, como o The Spotted Cat, o d.b.a, o Snug Harbor e o Blue Nile, onde (advinha?) rola jazz de primeira.

New Orleans Jazz Museum

Quem quiser ver de perto a primeira corneta de Louis Armstrong a encontra ali perto, no New Orleans Jazz Museum. O lugar é bastante simples, mas reúne ainda outros instrumentos históricos e referências importantes à cena musical da cidade.

Na recepção, não deixe de verificar se alguém possa te encaminhar aos bastidores do museu, onde está o maior acervo de fotos, catálogos, partituras e outros itens referentes às maiores lendas do jazz. Depois dso tour, você poderá criar sua própria playlist de New Orleans com ainda mais propriedade.

Para usar telefone e internet nos EUA, clique aqui e garanta seu chip viagem internacional mais barato e com melhor conexão.

Onde ficar em New Orleans

New Orleans conta com ótimos hotéis de luxo e também com bom custo-benefício. Minha dica para ficar bem localizado e pagar menos é fugir do French Market. No Central Business District e no Marigny, você encontra as melhores opções.

Vou começar pelo melhor hotel da cidade, que é caro, mas extremamente luxuoso, e depois dar outras três opções para quem busca experiências mais em conta. Confira:

Four Seasons Hotel New Orleans

Paulo Basso Jr.
Chandelier Bar

Este hotel é tão espetacular que eu fiz um texto inteiro sobre ele aqui. O bar do lobby, os restaurantes, o atendimento, os quartos, a vista.

Tudo por lá é novo e reluzente. Inclusive, vale a pena visitar mesmo que não for hóspede, nem que for para provar a gastronomia local.

De quebra, a localização é perfeita, do lado do Riverwalk e na Canal St, perto das melhores atrações do Central Business District e do French Quarter.

Endereço: 2 Canal St, New Orleans

Faça aqui sua reserva no Four Seasons Hotel New Orleans

The Old No. 77 Hotel & Chandlery

Este simpático hotel no Central Business District fica a uma simples caminhada do French Quarter e oferece quartos honestos por bons preços. Tem uma recepção movimentada, com um bar e diversos sofás para bater papo com outros hóspedes.

Endereço: 535 Tchoupitoulas St, New Orleans

Faça aqui sua reserva no The Old No. 77 Hotel & Chandlery

New Orleans Marriott

Há vários Marriott em New Orleans, mas o da Canal St. é o mais indicado, sobretudo pela localização, Os quartos são simples, mas amplos. Dali, você está a um pulo da Bourbon St e das atrações do Central Business District.

Endereço: 555 Canal St, New Orleans

Faça aqui sua reserva no New Orleans Marriott

Hotel Peter and Paul

Paulo Basso Jr

Muito bom e com ótimos preços, este hotel em New Orleans é um achado. Em Marigny, de onde dá para caminhar até a Frenchmen St, fica em um prédio que já funcionou como escola e igreja. Tem quartos amplos e muito bem decorados e uma equipe simpática. De quebra, conta com um restaurante, um bar e uma sorveteria anexos.

Endereço: 2317 Burgundy St, New Orleans

Faça aqui sua reserva no Hotel Peter and Paul

DICAS PARA VIAJAR AOS EUA

Quando planejamos nossas viagens para os EUA, sobretudo para destinos como New Orleans, recorremos a uma série de ferramentas de auxílio antes mesmo de sair do Brasil. Assim, conseguimos comprar passagens aéreas mais baratas, alugar carros e reservar hotéis, bem como passeios, transfers e ingressos para eventos, com mais segurança e pagando menos.

LEIA MAIS: CONFIRA AQUI OS DOCUMENTOS E VISTOS PARA ENTRAR NOS EUA
COMO CONVERTER TAMANHOS DE ROUPAS E CALÇADOS NOS EUA

Ao viajar para os EUA, é imprescindível também fazer um seguro viagem e comprar um chip de viagem internacional. Assim, você evita os gastos absurdos cobrados com saúde no país, caso algo fuja do previsto, e consegue usar internet ou telefone para se comunicar com quem está no Brasil, checar e-mails, postar fotos no Instagram, usar o WhatsApp e ouvir sua playlist de New Orleans em qualquer lugar.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2022. Todos os direitos reservados