Seja Luz

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

Vivemos tempos difíceis, em todos os sentidos. Intolerância em diversas esferas (política, social, religiosa etc), pessoas julgando as outras, trocas de farpas pelas redes sociais... Enfim, quanto mais o tempo passa, mais o amor ao próximo fica em segundo plano. Mas, como não dá para generalizar, há sempre quem prefira a luz. 

Em 2017 recebi como missão contar a história de Mateus, que à época passava por um tratamento contra a leucemia. Fui encontrá-lo, junto com sua mãe, no apartamento onde moravam, em Santo André. E o menino, que tinha 5 anos e passava por um momento tão difícil, não permitia que o sorriso saísse do seu rosto. Corria por todos os lados – e o fotógrafo Nario Barbosa o acompanhava com suas lentes –, falava frases inteligentes, vivia. O diagnóstico não o fez arrefecer, mas sim usar de sua história para criar uma princesa, a Medula, a fim de conscientizar a importância de ser um doador. 

Infelizmente, Mateus partiu no ano passado, mesmo após transplante. Doeu muito quando li esta notícia pelas redes sociais, porque depois que falei sobre ele no caderno Setecidades, do Diário, torci muito para que  conseguisse encontrar a cura, o que não aconteceu.

Mas Mateus é luz. Tanto que sua mãe, Carla Valezin, transformou a história que ele criou durante o tratamento em livro (leia mais em Minha História), e ajuda a promover a conscientização sobre doação de sangue, plaquetas e como se cadastrar para ser um doador de medula. Que a sua passagem na Terra e batalha que travou durante quatro anos iluminem não só quem lute contra essa doença, como também ajude a transmitir amor para quem leia. 

Confira ainda nesta edição entrevista com a atriz Deborah Secco, que está no ar como Alexia, de Salve-se Quem Puder; reportagem em Destino, que mostra vinícolas a serem visitadas na Espanha; além da entrevista com confeiteira especialista em bolos e vitrines especiais com peças que serão usadas na próxima estação e itens de utilidade doméstica. Boa leitura!

Miriam Gimenes

 



Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2020. Todos os direitos reservados