Rádio volta atrás e emite nota após se negar a tocar música de Pabllo Vittar

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Estadão

Na última terça-feira, dia (12), um caso envolvendo Pabllo Vittar veio à tona quando um ouvinte da rádio catarinense, Super FM 89, expôs uma conversa de WhatsApp que afirma ter tido com a rádio.

Ao pedir a música Parabéns - último sucesso da cantora - o rapaz afirma que recebeu uma resposta negativa:

Não tocamos Pabllo Vittar por aqui, escreveram.

O ouvinte quis saber o porquê e obteve a seguinte resposta:

Porque não sabemos se ele é homem ou mulher, disseram.

Ao final da conversa, o suposto funcionário da rádio que interagia com o ouvinte teria dito ainda:

É que minha mãe e meu pai me ensinaram que na família existe apenas homem e mulher. Não existe outra coisa. Como será que é a identidade de Pabllo Vittar? Masculino ou Feminino?, questionou.

Após essas e outras mensagens serem divulgadas pelas redes sociais, o caso tomou uma grande proporção devido a muita repercussão negativa e a rádio se posicionou. Na conta oficial do Instagram da emissora, foi publicada uma nota de esclarecimento:

Nota de Esclarecimento devido ao ocorrido no dia de hoje [última terça-feira, dia 12] a Direção e a Equipe Da Super FM vem esclarecer. Sabemos que foi errado o que foi falado na conversa no whatsapp (conversa particular entre ouvinte e locutor) , pedimos desculpas por isso, o responsável pelas respostas já foi identificado e responderá internamente e administrativamente pelo ocorrido. Mas uma vez toda a equipe da rádio pede desculpas e reforçamos que a rádio não possui posicionamentos preconceituosos de qualquer natureza. Somos contra qualquer tipo de preconceito e desrespeito, colocaram.

Horas antes da publicação da nota, eles já tinham postado uma foto da capa do single, dizendo que tocariam a música Parabéns, a mais pedida do dia.

Os seguidores comentaram, é claro:

Falsos.

Agora? Depois que já foram cancelados.

E, por mais que a drag queen tenha sido eleita pela conceituada revista Time como uma das dez líderes brasileiras da próxima geração, Pabllo Vittar ainda enfrenta bastante preconceito.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados