Enxergar além

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

A essência que habita em mim, saúda a essência que habita em você. Esta é a licença poética para namastê, cumprimento utilizado frequentemente no Ocidente. Mais do que simples mesura, significa, na verdade, olhar não só dentro dos olhos do outro ser humano, como também saudar seu interior, sua alma. É enxergar além da aparência, pele, corpo. É mergulhar na história daquele ser que, muitas vezes, pede socorro em silêncio.

O Especial desta Dia-a-Dia é, justamente, sobre o dar e o receber. A ideia surgiu depois que dois moradores de rua de Santo André foram assassinados, por outro sem-teto, enquanto dormiam. Chamou a atenção a comoção que a tragédia com Fabio e Michael causou. Várias pessoas nas redes sociais comentaram que os conheciam, que eram muito educados, gente do bem. Houve intenção em missa na Catedral do Carmo na ocasião do sétimo dia. Isso mostra que eles não eram tão invisíveis assim. É uma luz no fim do túnel, sabe?

E o repórter Vinícius Castelli trouxe ainda mais esperança quando voltou à Redação contando as histórias de Fábio, Gilson e Moleque. O trio – formado por pastor que ajuda diariamente os necessitados, o morador de rua que parou de beber e o cachorrinho que, faça chuva ou sol, não abandona o companheiro – tem conexão de fazer inveja. “O que faço vai além. Não dou comida e vou embora. Converso, abraço e beijo. O abraço cura, ajuda a desestressar. É uma comunhão, é um poder comer 'na mesa' do outro”, diz Fábio. “Ele me olhou e ficou. Se tenho um pedaço de carne divido com o Moleque”, conta Gilson. Inspirador, não?

Nesta edição trazemos na capa um pouco da história de dois jovens atores escalados para papéis polêmicos e difíceis na nova novela do horário nobre na Globo, o Outro Lado do Paraíso. A personagem de Bianca Bin vai sofrer com a violência do marido. “Estamos em momento de falar dessa injustiça que está entranhada na nossa cultura, desse patriarcado. A mulher está se empoderando, entendendo o tamanho da sua força e é isso o que quero contar com a Clara”, relata. O andreense Sergio Guizé fará o vilão Gael. “Ele é vítima do meio em que vive e da própria família”, analisa o ator, que fala também sobre sua formação na região e outras paixões, como os quadros que pinta e a banda de rock Tio Che. O grupo participou do Festival de Cultura e Arte promovido pelo Diário. “Foi maravilhoso tocar antes do Golpe de Estado, banda que ia ver sempre na frente do Américo (Brasiliense, o colégio)”, recorda.

E mais: tem entrevista com a primeira-dama de Mauá, Andreia Rolim Rios; um perfil com a atriz Carol Duarte, que cresceu em São Bernardo e hoje colhe os aplausos pela excelente interpretação da personagem transexual Ivana, na novela A Força do Querer e um bate-papo com Monalysa Alcântara que, aos 18 anos, ostenta o título de Miss Brasil 2017.

 

 

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados