Cerveja é assunto sério

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

Foi em 1842 que Josef Groll cozinhou a cerveja no método original de fermentação, que viria a se tornar ‘obrigatório’ na fabricação de todas as cervejas claras do mundo. O que poucos sabem é que a ‘fórmula mágica’ foi descoberta em Pilsen, na República Tcheca, e que o país é um dos mais entendidos do mundo quando o assunto é a bebida mais queridinha entre os brasileiros.

Ao adentrar em Pilsen, a quarta maior cidade da República Tcheca, localizada na região de Plzensko, entre Praga e a Alemanha, é fácil constatar que o que sustenta o local é o ‘pão líquido’, apelido carinhoso que os tchecos deram para a cerveja. Entre os passeios mais tradicionais que a cidade oferece está o tour pela famosa fábrica que apresentou ao mundo a bebida tipo Pilsen. É possível conferir de perto como funciona todo o processo de preparação.

Já no centro histórico, uma excursão pelo Museu da Cerveja é obrigatória. A exposição lúdica mostra processos e mistérios da produção, além de maneiras de servir e beber a cerveja ao longo dos séculos. Também vale conferir o subterrâneo medieval, que reproduz fielmente como era o interior de um bar na região entre os séculos 19 e 20. Além disso, uma parte do museu se dedica a curiosidades, como modelo de cervejaria a vapor que ainda funciona. Há também as Sendas de Cerveja, que levam os turistas a diversas cervejarias locais para que sintam na pele a verdadeira atmosfera de Pilsen.

Vale ressaltar que os tchecos levam tão a sério a bebida, que no país uma garrafa custa menos do que uma de água. Quem garante isso é Luiz Fernando Destro, diretor do Escritório de Turismo da República Tcheca no Brasil. Entre outros passeios, em Pilsen está localizada a catedral de São Bartolomeu, que possui a torre de igreja mais alta do país. É lá também onde fica a Sinagoga Grande, a maior da República Tcheca e a terceira maior do mundo.

Ainda é possível desfrutar de toda beleza do Parque Nacional Sumava. Com natureza exuberante, é um dos destinos mais procurados da região.

Outras pequenas cidades que valem a visita
Além de Praga e Pilsen, a República Tcheca possui diversas outras cidade que valem, e muito, a visita. Cesky krumlov, localizada ao Sul do país, parece ter parado no tempo. O local é considerado a pérola da arquitetura renascentista. É por lá que se encontram palácios e onde é possível também observar as cumeeiras (partes mais altas dos telhados) de casas burguesas, lindos jardins, além de ruelas curvadas.

Na cidade ainda é possível degustar do melhor da gastronomia local em restaurantes medievais e bares, além de apreciar galerias ou minas de grafite. Conhecida pela tradição na fabricação de porcelana e cristal, Karlovy Vary é outra pequena cidade ao Norte do país. Possui a elegância de uma região balneária, colunas imponentes e está localizada no meio de um vale florestado. Atualmente é a segunda cidade mais visitada do país e está entre os balneários mais bonitos da Europa. 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados